Argentina debate expansão da construção de casas e edifícios em madeira

5 de setembro de 2018

Província de Tierra del Fuego pretende estimular a cadeia da madeira na região para criar negócios, gerar empregos e diminuir o déficit habitacional

A expansão do uso da madeira na construção de casas na Argentina foi debatida durante um encontro com representantes de instituições do setor produtivo e câmaras empresariais em um evento organizado pelo governo da província de Tierra del Fuego sobre o uso de madeira, no mês de agosto, em Buenos Aires.

A exemplo do que acontece no Brasil, as entidades argentinas também consideram que a madeira pode ser uma contribuição bastante positiva no segmento da construção, podendo ser utilizada para reduzir o déficit habitacional no país e ainda estimular a cadeia de madeira.

Esta é a opinião de Osvaldo Vassallo, presidente da Câmara de Madeira da Argentina e que participou do evento. Para ele, o país sul-americano deve aproveitar seu potencial para construir todos os tipos de habitação – incluindo edifícios – por meio do sistema construtivo industrial que una, na opinião dele, matérias-primas nacionais, renováveis, recicláveis e certificadas, além de ser carbono zero.

Vassallo ressaltou que a Argentina precisa melhorar o aproveitamento de seu potencial e a madeira disponível para incrementar este setor, o que vai impactar na geração de valor em toda a cadeia da indústria madeireira.

Outro destaque do evento foi a exposição “Mudança de cultura na construção de moradias”, na qual representantes do governo de Tierra del Fuego mostraram como a madeira de lenha fueguina pode ser uma alternativa na construção de casas modulares. O objetivo do governo da província é estimular investimentos nesta área e o desenvolvimento sustentável com valor agregado para este produto de madeira.

O secretário de Indústria da província, Kevin Colli, ressaltou que as autoridades públicas locais desejam criar criar postos de trabalho por meio de projetos utilizando a madeira da região, ao mesmo tempo em que há um cuidado com meio ambiente e o desenvolvimento do mercado. Ele ressaltou que o governo procura a certificação da madeira para agregar valor.

Ainda segundo o governo de Tierra del Fuego, este é um projeto que está sendo elaborado para se tornar rentável e sustentável quanto ao modelo de investimento.

Por Portal Madeira e Construção com informações do site Madera Y Construcción

Foto da capa: Ilustração / Freeimages

Compartilhe
Voltar para Notícias

Cadastre seu email e receba nossa newsletter