Marketing de conteúdo para pequenas empresas: como começar?

22 de Fevereiro de 2018

O marketing de conteúdo é essencial hoje para o sucesso comercial em todas as indústrias. Mas, embora seja o paradigma reinante nos últimos anos, muitos empresários – e até muitos comerciantes – ainda não sabem como desenvolver ou implementar uma estratégia efetiva de marketing de conteúdo.

O marketing de conteúdo é essencial hoje para o sucesso comercial em todas as indústrias. Mas, embora seja o paradigma reinante nos últimos anos, muitos empresários – e até muitos comerciantes – ainda não sabem como desenvolver ou implementar uma estratégia efetiva de marketing de conteúdo.

Felizmente, o marketing de conteúdo não é tão difícil, e os princípios básicos podem ser dominados rapidamente. Trata-se de atrair clientes para você, em vez de ter que pagar dinheiro para aparecer de forma abrupta onde eles estão, por meio de formas tradicionais de publicidade (embora isso traga resultados também).  Falaremos aqui no blog sobre as etapas que você precisará seguir para começar.

Primeira etapa:  conheça seu cliente.

Antes mesmo de pensar sobre o marketing de conteúdo, o primeiro passo que você precisa dar como negócio é garantir que haja um mercado muito bom para seus produtos ou serviços. Na verdade, a razão número 1 pelo qual as novas operações de empresas falham é porque o produto ou serviço não era verdadeiramente necessário para o mercado-alvo. Você pode evitar isso fazendo pesquisas de mercado apropriadas e, em seguida, usando essa pesquisa para desenvolver seu plano de marketing, e por consequência seu plano de conteúdo.

Como você já tem seu negócio andando, suponhamos que você já tenha feito essa etapa. Contudo, vale a pena entender os motivos pelos quais seus consumidores estão comprando seu produto.

Uma chave para o marketing de conteúdo é usar a linguagem que seus clientes usam para abordar a solução que você apresenta. Muitas vezes, as empresas desenvolvem linguagem técnica em torno de seus benefícios de produto, mas esquecem de usar as próprias palavras do seus clientes e se concentrarem nas necessidades deles. Quando você realmente conhece seu cliente, você poderá alcançá-los usando as frases que eles já usam entre si.

Conhecer o seu cliente também envolve conhecer as plataformas onde eles gastam seu tempo e fazem suas compras. A ferramenta de Stories do Instagram é muito popular agora, por exemplo, mas pode não ser onde o seu cliente ideal está, então você não deve gastar seu tempo nisso. Em vez disso, concentre-se em plataformas que lhe darão melhor alcance e melhores taxas de conversão.

Para te ajudar a entender o seu cliente, listamos algumas dicas:

  1. Qual seu público principal? Esse público é o que define seu negócio. Liste:

– Idade: qual faixa etária estão concentrados seus compradores? São crianças? Adolescentes? Adultos? Adultos, em qual faixa, por exemplo, 30 à 45 anos.

– Sexo: seu produto é uma solução que atende homens? Mulheres? Transexuais? A decisão de compra depende mais do público masculino ou feminino?

–  Onde esse público se informa sobre produtos e serviços em meios on ou off-line? Em redes sociais, qual rede social? Existe alguma rede social que atenda o seu nicho?

– Você consegue enxergar quais os interesses do seu público? Fora o seu produto, o que mais eles consomem que ajudaria a construir um perfil de compra e interesse?

– Como essas pessoas conversam entre si? Qual a linguagem?

Cada pergunta pode levar a boas respostas e mais que isso, pode trazer novas perguntas para ajudar na criação da persona do seu cliente.

 

No próximo post aqui do blog falaremos sobre “A mensagem que seu negócio emite”.

Tem dúvidas? Mande para gente 😀 : contato@madeiraeconstrucao.com.br.

 

Compartilhe
Ver mais Blog

Cadastre seu email e receba nossa newsletter