Planejamento: como criar um plano de Marketing de Conteúdo

6 de junho de 2018

Começar com marketing de conteúdo para negócios é mais sobre a compreensão, ou mudança, de uma mentalidade do que é sobre uma plataforma específica ou estratégia de divulgação.

Já falamos aqui sobre ‘Como começar um Marketing de Conteúdo’ e ‘Se sua marca fosse uma pessoa, quem ela seria?’.

Agora vamos falar sobre planejamento!

Apenas 32% das empresas B2B têm uma estratégia documentada de Marketing de Conteúdo, e apenas 37% das empresas B2C relatam ter uma. As empresas com uma estratégia documentada estão significativamente mais propensas a dizer que sua estratégia de marketing de conteúdo é eficaz. A lição é clara – um plano escrito funciona muito melhor do que um não escrito.
Inclusive, a dica é: sempre traduza suas metas e planos no papel. É um jeito de refletir sobre elas e marcar começo, meio e fim das atividades para atingi-las.

O que seu plano precisa ter?
1. As partes interessadas envolvidas:
Quando você escreve seu plano de marketing de conteúdo, certifique-se de incluir todos os principais interessados – dos individuais criativos que criarão seus conteúdos até as equipes de marketing e TI que o implementarão. Muitas vezes, um plano de marketing de conteúdo é desenvolvido por uma única equipe ou departamento, enquanto outros que precisam ser envolvidos não são engajados com a eficácia do esforço. Quando todas as partes interessadas ajudam a formar o plano, serão mais compradas e o plano será executado com mais sucesso.
Não esqueça de relembrar o texto “Se sua marca fosse uma pessoa, quem ela seria?”.

2. Os recursos disponíveis:
Além disso, você precisará certificar-se de que seu plano de marketing de conteúdo é realista com base no orçamento e na equipe disponível. Se você só pode se comprometer cinco horas por semana ou R$ 1.000 por mês para suas campanhas de marketing de conteúdo, você não deve criar seu plano como se você pudesse dedicar quarenta horas por semana ou R$ 10.000 por mês.
E como um ponto adicional, não se preocupe se seus recursos disponíveis parecem pequenos. É possível fazer um bom marketing de conteúdo em todos os orçamentos, desde que você seja direto sobre o que você pode razoavelmente dedicar às suas campanhas.
Se você tem o dinheiro para comprometer, mas falta os recursos de pessoal internos para realizar sua visão de marketing de conteúdo, use esta parte do seu plano para detalhar como você terceirizará seu processo de criação de conteúdo e onde você se conectará com criadores independentes. Quanto mais detalhes você tiver aqui, mais tempo você economizará no caminho quando for a hora de executar.

3. Seus canais alvo:
Lembra-se da pesquisa de mercado que você fez anteriormente? É aqui que você vai atuar, usando os dados que você reuniu para determinar quais canais você alavancará como parte de suas campanhas.
Tenha em mente, no entanto, que geralmente é melhor ter menos canais de conteúdo com uma presença consistente do que muitos canais com uma presença fraca. Quando uma empresa não tem uma boa pegada em um canal, os consumidores vão ver como não confiáveis e pouco profissionais, o que supera o esforço de marketing colocado.

4. Seu plano editorial:
Depois de identificar os canais onde você publicará, você quer construir um plano editorial escrito que inclua todos os seguintes elementos:

• Os títulos específicos das peças de conteúdo que você publicará
• Em quais canais serão publicados
• Quando serão publicados
• Quem é responsável por criar, editar e publicar
• Quaisquer etapas importantes que devem ser tomadas antes da publicação

5. Suas métricas:
Finalmente, nenhum plano de marketing de conteúdo está completo sem uma discussão sobre o que você está tentando alcançar através de suas campanhas. Se você está realizando marketing de conteúdo para melhorar a reputação e a autoridade percebidas da sua marca, ou se você está tentando usar conteúdo para gerar vendas e conversões reais, identifique suas métricas finais, implemente os processos necessários para acompanhá-las e defina objetivos específicos que ajudarão você a determinar se a sua campanha está no caminho certo.

Como começar com marketing de conteúdo para pequenas empresas

Depois de ter um plano escrito de marketing de conteúdo, certifique-se de que as pessoas envolvidas se reúnam regularmente para avaliar o progresso e assegurar que os objetivos sejam atendidos. Se as coisas não estão indo como planejado, não tenha medo de atualizar o plano para continuar a acreditar que o planejado vai acontecer.

Começar com marketing de conteúdo para negócios é mais sobre a compreensão, ou mudança, de uma mentalidade do que é sobre uma plataforma específica ou estratégia de divulgação. Quando você entende quem é seu cliente alvo, qual percepção de marca deseja transmitir e como você pode alcançar seu mercado através da criação de um excelente conteúdo, você pode melhorar drasticamente os resultados da sua empresa em qualquer setor.

Você usa marketing de conteúdo em sua empresa? Em caso afirmativo, quais outras dicas você adicionaria a esta lista? Compartilhe suas recomendações nos comentários abaixo.

Nós do Portal Madeira & Construção já atendemos diversas empresas na área de Assessoria de Imprensa e estratégia de marketing e, com certeza, podemos ajudar a sua a começar com marketing de conteúdo com o objetivo de colocar sua marca na cabeça de seus potenciais clientes e vender mais. Fale com a gente!

Compartilhe
Ver mais Blog

Cadastre seu email e receba nossa newsletter