Brasil terá observatório de cidades inteligentes no Vale do Silício

1 de Março de 2018

Acordo foi assinado nesta quinta-feira (1), durante o Smart City Expo Curitiba

Com o objetivo de pesquisar, traduzir e disseminar conhecimento de interesse público, o Brasil passa a ter uma conexão direta com as iniciativas mais inovadoras do Vale do Silício, em São Francisco, Estados Unidos. A Federação Nacional das Empresas de Software (Assespro), o Instituto Brasileiro da Qualidade e Produtividade (IBQP) e o iCities Smart Cities Solution lançaram na quinta-feira, 1º de março, o Observatório Brasileiro das Cidades Inteligentes (OBCI).

O nascimento do observatório ocorre em um momento decisivo da maturidade do ambiente de cidades inteligentes no país, com a realização do Smart City Expo Curitiba, evento do consórcio espanhol Fira Barcelona Internacional, entidade de maior prestígio mundial nas iniciativas para o desenvolvimento de cidades inteligentes no mundo.

“O Brasil tem a obrigação de se manter na vanguarda das cidades inteligentes depois de receber o reconhecimento da Fira Barcelona com a realização do Smart City Expo. A função do OBCI vai ser acompanhar de perto as discussões em São Francisco, numa conexão direta com o Vale do Pinhão”, afirmou o embaixador, Pedro Henrique Lopes Bório, cônsul geral do Brasil em São Francisco, em depoimento gravado em vídeo apresentado durante o lançamento da iniciativa.

De acordo com as instituições envolvidas no projeto, o papel do observatório será de extrema relevância para o Brasil, servindo de referência oficial para as entidades e legisladores se atualizarem sobre o ambiente regulatório do mundo moderno.

 

Por Portal Madeira e Construção com informações da Assessoria
Foto: Cesar Brustolin/SMCS

 

Carlo Ratti: respeito às condições locais faz diferença na construção de uma cidade sensível

Compartilhe
Voltar para Notícias

Cadastre seu email e receba nossa newsletter