China divulga novo padrão nacional para projetos de estrutura de madeira

14 de Fevereiro de 2018

Por meio de acordos internacionais, províncias chinesas avançam em pesquisa e desenvolvimentos do mercado para construções em wood frame

A China lançou um novo código de construção para estrutura de madeira, que incentiva a indústria a expandir o uso da madeira e melhorar o sistema de classificação da força da madeira. O novo padrão, que é o GB50005-2017, entrará em vigor no dia 1º de agosto deste ano, de acordo com o Ministério da Habitação e Construção Urbana e Rural.

A nova versão destaca os conteúdos sobre o sistema de classificação da força da madeira e suas especificações de projeto. Também promete melhorar os critérios de design para estrutura de madeira colada e estrutura de madeira leve.

Confira os principais pontos da nova versão do código:

  • Aumentar o uso de espécies domésticas de madeira e espécies de madeira importadas;
  • Realizar pesquisas e confirmar o valor de design dos produtos de madeira importados;
  • Realizar requisitos adicionais de design na estrutura de materiais compostos e produtos de madeira engenheirados;
  • Realizar pesquisa abrangente e unificar o requisito de cálculo de componentes e conectores de estrutura de madeira;
  • Melhorar os critérios de construção para estrutura de madeira colada e estrutura de madeira leve;
  • Melhorar a regulamentação sobre o requisito de estrutura e estrutura sísmica;
  • Coordenar e melhorar os requisitos em matéria de design e estrutura de proteção contra incêndio;
  • Melhorar os requisitos em matéria de design de durabilidade e requisitos de estrutura.

Desenvolvimento local

Desde 2014, a província chinesa de Jiangsu, Zhou Lan, por meio de um acordo assinado com o Ministério das Operações de Recursos Naturais da província de British Columbia, no Canadá, desenvolve ações para aumentar o uso da construção em wood frame naquele país.

O acordo é considerado pelo governo chinês como uma oportunidade para reduzir as emissões de carbono na província de Jiangsu, usando uma construção de madeira mais eficiente. Os benefícios da parceria incluem pesquisa, exploração de locais adequados para aplicações de construção em wood frame e promoção conjunta desse tipo de construções.

“O fato de que a China está se movendo em direção a políticas de construção mais ecológicas é uma vitória para o setor florestal de British Columbia, uma vez que a construção de madeira é mais ecológica, mais eficiente em termos de energia e deixa uma pegada de carbono menor. Jiangsu está bem posicionada para ter sucesso, porque duas de suas universidades incluem construção em madeira em seu currículo”, afirmou o ministro canadense Steve Thomson quando da assinatura do acordo.

Conheça outras políticas públicas de países que incentivam o uso da madeira na construção

Edifícios Altos e Modernos em madeira: oportunidades para inovação

Por Juliane Ferreira para o Portal Madeira e Construção

Compartilhe
Voltar para Notícias

Cadastre seu email e receba nossa newsletter