COMO SERÃO AS CASAS DO FUTURO?

25 de Janeiro de 2017

Esta foi a pergunta feita a 500 arquitetos em um estudo promovido pelo Instituto Americano de Arquitetos. Eles destacaram as características que devem definir as construções a partir de agora. Projetos resistentes a desastres, com eficiência energética e cada vez mais automatizados.

Duas características destacadas pelos arquitetos chamaram mais minha atenção.
Primeiro, o uso de materiais de construção orgânicos e mais saudáveis. Pois é, a palavra é esta mesmo, saudáveis. Porque as pessoas já perceberam, e pesquisas indicam, que o uso excessivo de produtos sintéticos (como tintas e vernizes) na construção pode causar diversos problemas de saúde. E aí, materiais naturais como a madeira e os tijolos de barro ganham destaque.

Outro ponto realçado pelos arquitetos participantes da pesquisa sobre as casas do futuro é o envelhecimento da população. Afinal, em um mundo com pessoas vivendo cada vez mais, as casas precisam se adaptar. E aí estamos falando de menos escadas, corredores mais largos, janelas mais baixas e acessibilidade.

Então perceba que a essência das ideias por trás da casa do futuro nada mais é do que uma volta ao passado. E reconhecer que muitas novidades usadas na construção civil nas últimas décadas não foram boas nem para nosso conforto, e muito menos para o Planeta.

+ A série “Construção Mais Sustentável” é uma parceria entre o Sintonia Social e o portal Madeira e Construção.

Escute o áudio

 

 

Por Rulian B. Maftum escritor, jornalista, especialista em comunicação e mestre em Tecnologia. Produtor e apresentador de programas de rádio e TV, entre eles o Sintonia Social. Professor de pós-graduação em disciplinas nas áreas de comunicação, sustentabilidade e responsabilidade social.

——————————————————————————————————————————–

*Todos os conteúdos podem ser reproduzidos, desde que citada a fonte original: Portal Madeira e Construção

“Por um mundo mais sustentável, com mais madeira. Apoie essa ideia!”

Compartilhe
Voltar para Notícias

Cadastre seu email e receba nossa newsletter