XVI EBRAMEM: conhecimento técnico e acesso a informações de mercado

26 de Março de 2018

O colunista do Portal, o engenheiro Guilherme Stamato, conta direto do EBRAMEM 2018 os detalhes da programação e das discussões durante os três dias de evento

A XVI edição do EBRAMEM (Encontro Brasileiro em Madeiras e em Estruturas de Madeira, que começou nesta segunda-feira, 26, simultaneamente ao III Congresso Latino-americano de estruturas de madeira, em São Carlos (SP), reúne, possivelmente, as maiores autoridades quando mundiais sobre o assunto até o dia 28.

Das históricas pontes em madeira dos Estados Unidos, passando pelo pioneirismo do Reino Unido com o CLT, até chegar às questões de sustentabilidade, conservação e necessidade do incentivo ao uso responsável de madeiras de florestas nativas brasileiras, o primeiro dia do encontro entregou conteúdo relevante e atual aos participantes.

O pesquisador James P. Wacker, do Forest Produts Laboratory, de Madisson, EUA, apresentou um histórico das pontes de madeira nos Estados Unidos. Das pontes cobertas do século XIX, das quais ainda existem cerca de 800 remanescentes, que em geral se tornaram pontos turísticos, até a evolução de diferentes sistemas construtivos de pontes em madeira do século XX e as pontes que atualmente são construídas naquele país.

Ponte em madeira no Eagle River (Estados Unidos) / Pinterest

Já o arquiteto Andrew Waugh, da Waugh Thistleton Architects, do Reino Unido, uma das pioneiras no uso de CLT no mundo, apresentou diversos projetos e conceitos a serem incorporados nos projetos de estruturas em CLT, com novas formas e possibilidades arquitetônicas. Entre os projetos desenvolvidos por seu escritório estão o primeiro edifício de múltiplos andares em CLT construído na Inglaterra, o edifício de maior área construída, com 16.000 m² , além de projetos de edifícios industriais e construções modulares. Segundo o palestrante, é possível desenvolver soluções que permitam repetição de processos, aumentando a eficiência de fabricação, sem necessariamente resultar em construções repetitivas.

EBRAMEM 5

Ricardo Russo, WWF-Brasil

Fechando a primeira parte do EBRAMEM 2018, o analista de conservação do WWF-Brasil, Ricardo Russo, sugeriu aos participantes um novo olhar sobre as madeiras de árvores nativas, colocando a importância da construção em madeira para as necessidades atuais de sequestro de carbono e ressaltando que existe um setor que está organizado na produção de madeira de espécies nativas. “Os profissionais sérios devem ser diferenciados daqueles que praticam o extrativismo ilegal”, afirmou. Russo citou como exemplo, os empresários do Mato Grosso como uma referência para essa organização. Lembrou ainda as ações promovidas pelo programa Madeira é Legal para estímulo ao uso da madeira de origem legal e as pesquisas para a utilização de espécies nativas na produção de Madeira Laminada Colada.

Seções técnicas, em três salas simultâneas, completaram a parte técnica do primeiro dia do evento, com a apresentação de trabalhos de pesquisa relacionados à caracterização da madeira, ligações e estruturas de madeira.

O evento também abriu espaço este ano para que os participantes conhecessem o que o mercado está realizando. Algumas das empresas patrocinadoras do evento apresentaram seus produtos e a forma como atuam: Berneck, Montana Química, ITA Construtora, Rewood, Zanchet Madeiras, Rothoblaas, Amata, Henkel, Stamade e Crosslam. Ponto para a organização que soube unir conteúdos técnicos e teóricos à realidade do setor. Também patrocinam esta edição as marcas ArtPine, Engetrat, LP Brasil, Eco Teto & Madeiras, Sonelastic e  Lonza.

Participaram da solenidade de abertura, organizadores, professores da USP de São Carlos, a presença do professor doutor Francisco Antônio Rocco Lahr, atual presidente do IBRAMEM, do professor doutor Carlito Calil Junior, coordenador desta edição do evento, do diretor da Escola de Engenharia da USP de São Carlos, Paulo Sergio Varoto, além de representantes da Universidade de Coimbra, da UNNOBa da Argentina, e da PUC de Santiago, do Chile.

Nesta terça-feira, 27, mais uma programação intensa com muitos conteúdos e debates. Acompanhe a cobertura completa aqui no Portal.

Por Guilherme Stamato para o Portal Madeira e Construção

Compartilhe
Voltar para Notícias

Cadastre seu email e receba nossa newsletter