Edifício comercial sustentável na Austrália

23 de junho de 2016

Prédio de seis andares será construído na entrada do multibilionário complexo da Lendlease, o Barangaroo

A empresa australiana Lendlease novamente vai ser destaque no setor de construção civil do país no próximo ano, isso porque a construtora está terminando o primeiro prédio comercial com madeira laminada colada (CLT) da Austrália, em Sidney. O prédio, chamado de International House Sydney (IHS), terá seis andares construídos com CLT e Glulam, e estará localizado na entrada do multibilionário complexo da Lendlease, o Barangaroo. Além disso, este será o terceiro projeto de construção pesada da Austrália que utiliza material sustentável.

O projeto do prédio foi desenhado pelo arquiteto Alec Tzannes, da Tzannes Associates, e terá uma camada de vidro saindo da madeira engenheirada, além de dois mil metros cúbicos de madeira laminada colada totalmente expostos nos pisos, vigas e colunas. O IHS vai buscar a classificação de “seis estrelas verdes” nas categorias “Design” e “Construção” pela Green Building Council Australia, ou Conselho de Construção Verde da Austrália, em tradução livre. A grande quantidade de CLT que será utilizada na construção será a chave para alcançar essa meta. De acordo com o diretor do Barangaroo do Sul, Andrew Wilson, todas as madeiras engenheiradas virão de florestas manejadas de forma sustentável na Áustria e o CLT terá certificação.

O arquiteto Alec Tzannes disse que a construção será muito importante para reduzir a emissão de carbono, e esse é o principal diferencial do projeto. Segundo ele, “a arquitetura do International House Sydney traz uma nova forma de beleza. Além da forma e da superfície, é um ‘design profundo’ que renova o papel da arquitetura de servir ao maior propósito social, que é reduzir as emissões de carbono”, diz.

O edifício será construído sobre uma laje de concreto e vai compartilhar um porão com as torres internacionais que estarão por trás.

Projeto do arquiteto Alec Tzannes, da Tzannes Associates, terá uma camada de vidro saindo da madeira engenheirada, além de dois mil metros cúbicos de madeira laminada colada totalmente expostos nos pisos, vigas e colunas

Projeto do arquiteto Alec Tzannes, da Tzannes Associates, terá uma camada de vidro saindo da madeira engenheirada, além de dois mil metros cúbicos de madeira laminada colada totalmente expostos nos pisos, vigas e colunas

Este será o terceiro projeto da Lendlease construído com CLT. Antes, a empresa já havia construído o prédio de apartamentos de 10 andares chamado Forte, que foi o primeiro prédio construído com CLT na Austrália, e a livraria pública em Melbourne, que foi o primeiro prédio público construído com esse material na Austrália. O primeiro projeto residencial que utiliza CLT foi desenhado pelo escritório Ardea Oosthuizen, no vila de Maianbar.

Fábrica de CLT

Foi divulgado também que até a metade de 2017 a Austrália terá a primeira fábrica de madeira laminada colada, que será construída na região de Albury Wodonga. Porém, há informações de que uma empresa na cidade de Perth já está produzindo CLT e se preparando para entrar no mercado em breve.

Por Maureen Bertol para o Portal Madeira e Construção com informações do Architectureanddesign

Compartilhe
Voltar para Notícias

Cadastre seu email e receba nossa newsletter