IPT e FSC Brasil se unem para difundir uso da madeira na construção

29 de novembro de 2017

Primeira ação conjunta será um curso sobre uso de madeiras na construção civil em fevereiro

O Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) e o Conselho Brasileiro de Manejo Florestal, mais conhecido como FSC Brasil, assinaram um acordo de cooperação tecnológica com o objetivo de desenvolver projetos conjuntos para a promoção do uso da madeira na construção civil e na movelaria. A iniciativa inclui a difusão de informações sobre o desempenho das diferentes espécies.

A parceria prevê também a capacitação de equipes das duas instituições e a divulgação da certificação FSC por meio de cursos e palestras. A primeira ação será um curso sobre o uso de madeiras na construção civil a ser oferecido em fevereiro de 2018, em conjunto com o Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi). “Estamos buscando projetos de interesse de ambas as instituições: como o FSC credencia empresas para certificação de sustentabilidade de produtos florestais, uma das possíveis parcerias seria o trabalho do IPT como avaliador, por exemplo, de espécies de madeira por meio da Xiloteca Dr. Calvino Mainieri”, explica a diretora do Centro de Tecnologia de Recursos Florestais do IPT, Ligia Ferrari Torella di Romagnano. O acervo do IPT é o maior do Brasil: criado em 1930, reúne aproximadamente 19,5 mil amostras de madeiras brasileiras e estrangeiras e ao redor de 15 mil lâminas histológicas.

A parceria poderá envolver ainda o tema da sustentabilidade florestal por meio da elaboração e monitoramento de planos de manejo florestal, e ações junto ao Núcleo de Referência em Tecnologia da Madeira, lançado em agosto deste ano. As duas unidades do IPT envolvidas no acordo são a Seção de Sustentabilidade de Recursos Florestais e o Laboratório de Árvores, Madeiras e Móveis.

 

Por Portal Madeira e Construção com informações da Assessoria de Imprensa do IPT

Compartilhe
Voltar para Notícias

Cadastre seu email e receba nossa newsletter