Milhares de pessoas devem passar pelo Smart City Expo World Congress em Curitiba

19 de Fevereiro de 2018

Portal Madeira e Construção irá acompanhar o evento e fazer entrevistas ao vivo com especialistas no estande do Vale do Pinhão

Cerca de oito mil pessoas devem participar do Smart City Expo World Congress, que será realizado em Curitiba entre os dias 28 de fevereiro e 1º de março. A estimativa é da organização do evento, que acontecerá no Expo Renault Barigui. A capital paranaense é a primeira cidade brasileira a sediar o congresso, voltado para os debates das cidades inteligentes.

O portal Madeira e Construção vai acompanhar o Smart City Expo World em Curitiba, levando aos leitores as informações sobre as discussões. Além disso, no dia 1º de março a partir das 10h30, o Madeira e Construção vai receber convidados para entrevistas ao vivo no stand do Vale do Pinhão, o programa da prefeitura de Curitiba voltado para o incentivo a empreendedores, startups, investidores e outros agentes da cadeia de negócios inovadores.

O Smart City Expo World é promovido desde 2011 pelo Fira Barcelona Internacional, um consórcio público espanhol formado pela Câmara de Comércio de Barcelona e pelo Governo da Catalunha. A edição deste ano, em Curitiba, vai reunir 18 palestrantes internacionais e outros 36 especialistas brasileiros. Eles vão apresentar de debater assuntos relacionados a quatro temas principais: Tecnologia Disruptiva (que quebra padrões), Governança, Inovação Digital e Cidades Sustentáveis do Futuro, além de iniciativas já implantadas no Brasil e no mundo.

Na prática

Apesar de ser relativamente recente, o conceito de Smart City já se consolidou como assunto fundamental na discussão global sobre o desenvolvimento sustentável e movimenta um mercado em todo o mundo de soluções tecnológicas, que é estimado a chegar em US$ 408 bilhões até 2020, segundo dados divulgados pela área de projetos da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Atualmente, cidades de países emergentes estão investindo bilhões de dólares em produtos e serviços inteligentes para sustentar o crescimento econômico e as demandas materiais da nova classe média.

No Brasil, já existem diversas iniciativas neste sentido, como no caso da construção de um protótipo de cidade inteligente no campus do Instituto de Pesquisas Tecnológicas, em São Paulo.

Ele vai conter todas as funcionalidades interligadas nas áreas de mobilidade urbana, edificações inteligentes, saneamento e gestão ambiental, ajudando na disseminação do conceito de cidade inteligente, especialmente entre prefeitos e secretários de municípios paulistas.

O protótipo deve estar pronto no final de 2018 e funcionará com o uso de diferentes tecnologias, como centros de controle, mapas digitais e smartphones. Também estão previstas visitas às instalações físicas montadas para este projeto.

Acesso

As inscrições para o Smart City Expo Curitiba já estão abertas e podem ser realizadas pelo site www.smartcityexpocuritiba.com. Quem quiser acompanhar a programação do congresso deve adquirir o passaporte do evento, que custa R$ 1,2 mil até o dia 27 de fevereiro. Depois desta data, o investimento será de R$ 1,5 mil.

O Smart City Expo Curitiba também conta com uma feira e o acesso será gratuito. No entanto, os visitantes devem fazer o credenciamento para conhecer os expositores.

 

Por Portal Madeira e Construção com informações da Prefeitura de Curitiba e Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT)

Foto: prefeitura de Curitiba

Compartilhe
Voltar para Notícias

Cadastre seu email e receba nossa newsletter