Off site Construction: o próximo passo para as construções em madeira de alta tecnologia

15 de julho de 2019

Prezados leitores,

Temos acompanhado a grande evolução que as construções industrializadas em woodframe têm proporcionado à construção civil brasileira, assim como a construção de prédios altos em CLT também tem chamado atenção em todo o mundo. O que estamos vendo é uma rápida evolução das formas de utilizar a madeira e seus produtos engenheirados, unidos às tecnologias de fabricação e montagem que permitem aumentar a velocidade das obras, aumentar a qualidade da construção, reduzindo desperdícios e criando condições muito mais competitivas para as estruturas de madeira.

Acredito que os leitores que chegam até aqui já conhecem as vantagens do uso da madeira em relação à sustentabilidade, sequestro de carbono, uso de material renovável etc. Mas além dessas vantagens referentes à origem do material, as construções em madeira, seja no sistema woodframe, seja com CLT, também se mostram bastantes sustentáveis em relação ao uso da edificação, pois as tecnologias, desenvolvidas em conjunto com as boas propriedades térmicas da madeira, resultam em construções termicamente mais eficientes e que demandam muito menos energia para o aquecimento ou resfriamento interno dos ambientes habitáveis, portanto consumindo menor energia para a manutenção do conforto dos usuários.

Esse tem sido um dos grandes propulsores do aumento da demanda por casas em woodframe principalmente na Europa, com as construções classificadas como casas passivas.

Recentemente, tenho visto também a sinalização de outro grande impulso que está se iniciando, que alia essa demanda por edifícios energeticamente mais eficientes com outras características das construções em madeira, tais como leveza, facilidade de usinagem e flexibilidade de instalações. Trata-se das construções off site, ou seja, aumentar o nível de industrialização, executando o máximo possível na indústria e o mínimo possível no canteiro de obras. Dessa forma, pode-se realizar nas indústrias a montagem de pisos, paredes e tetos, instalações hidráulicas e elétricas, fechamentos e acabamentos, restando para a obra o posicionamento de módulos completamente acabados.

Esse conceito eleva a um novo patamar a construção civil, implantando conceitos de “indústria” muito mais avançados, com quase todos os processos em ambiente controlado, com otimização de material e mão de obra, redução de desperdícios, melhoria das condições de trabalho, redução de perda de dias de trabalho e de materiais por chuva ou outros fenômenos climáticos, controle de qualidade, redução no custo de canteiro, entre muitas outras vantagens.

Tive oportunidade de visitar a empresa suíça ERNE, ainda em 2012, onde já estavam executando esse conceito na construção de prédios de até cinco pavimentos, com estruturação em Madeira Laminada Colada e em woodframe. Naquela época, vimos um prédio de mais de 2000 m² que em 14 dias a partir da montagem em campo já estaria pronto para ser habitado.

O desenvolvimento do conceito de off site construction tem sido acompanhado pelo desenvolvimento de diversas soluções técnicas de montagem, ligações e acabamentos em sistemas de woodframe e CLT, que se adequam muito fortemente ao conceito e aliam leveza para o transporte e içamento com desempenho energitérmico. É interessante acompanharmos essa grande evolução tecnológica do uso da madeira, pois é muito importante defendermos a utilização da madeira na construção em substituição aos materiais não renováveis e poluentes. Melhor ainda é apresentarmos soluções agregadas ao uso da madeira que incorporam muito mais tecnologia e que resultam em ganhos diretos para as construtoras, para os funcionários e para os moradores finais.

Um exemplo recente, e premiado, foi o edifício “Woodie”, construído pela Kaufmann Bau Systeme em Hamburgo, na Alemanha (Fotos: Thomas Ebert, Gotz Wrage)

 

Quem tiver interesse em buscar mais informações a respeito, recomendo a revista inglesa OffSite Hub: https://www.offsitehub.co.uk/offsitemagazine/

Os sites das empresas ERNE(https://www.erne.net/de/leistungen/systeme/modulbauweise-holz-stahl/) e Kaufmann Bau Systeme (https://kaufmannbausysteme.at/de/system-1)

E para quem quiser ir mais longe, em setembro, ocorrerá a OFF SITE EXPO na Inglaterra: https://www.offsite-expo.co.uk/

 

Por Guilherme Corrêa Stamato para o Portal Madeira e Construção
Para entrar em contato com o colunista: stamade@terra.com.br

Compartilhe
Voltar para Notícias

Cadastre seu email e receba nossa newsletter