Think Wood lança estudo que reúne 100 projetos de destaque com CLT no Reino Unido

19 de outubro de 2018

Publicação traz detalhes de cada um dos cases selecionados com o objetivo de celebrar a inovação deste tipo de material e mostrar o que é possível fazer com a Madeira Laminada Cruzada

O programa Think Wood, criado para disseminar os benefícios econômicos, ambientais e sociais da madeira e o seu uso na construção, reuniu em uma publicação 100 projetos mais significativos no Reino Unido nos quais foram utilizados Madeira Laminada Cruzada (CLT) nos últimos 15 anos. A lista foi elaborada por Andrew Waugh e Anthony Thistleton, da Waugh Thistleton Architects. A indústria Softwood Lumber Board (SLB) – uma das fundadoras do Think Wood – e Forestry Innovation Investment (FII) encomendaram a pesquisa.

Conforme a publicação, o Reino Unido foi um dos pioneiros em todo o mundo no uso da CLT nas construções, com mais de 500 projetos já finalizados até hoje. O objetivo para a reunião de 100 projetos com este material foi “celebrar a inovação e mostrar o que é possível fazer com a CLT”.

Publicação está disponível no site do Think Wood (Foto: Reprodução)

O levantamento se transformou em um guia prático para aqueles interessados em construir com madeira, com informações e lições aprendidas com as construções “reais”. Todos os projetos estão formatados em estudos de casos sobre construções com CLT, e a publicação traz detalhes sobre cada um dos escolhidos. Além disSo, há uma espécie de cartilha sobre CLT, seus benefícios e abordagens técnicas, além de considerações sobre construção e design com este material.

Entre os cases apresentados está o do Dyson Centre for Neonatal Care. Foi o primeiro projeto no uso de madeira laminada em um ambiente de saúde terciária. Conforme a publicação, a madeira foi utilizada em um único andar, para fornecer espaço e privacidade aos pais no envolvimento com seus bebês. Os pesquisadores citaram que a madeira inibe o aumento de poeira e a circulação de partículas que podem causar alergias.

Dyson Centre for Neonatal Care (Foto: Craig Aukland / Fotohaus)

 

Primeiro projeto no uso de madeira laminada em um ambiente de saúde terciária (Foto: Craig Aukland / Fotohaus)

A publicação ainda traz o projeto do GSK Centre for Sustainable Chemistry, no qual foi prevista a criação de um laboratório sem contribuição global para os gases de efeito estufa dentro de seu “ciclo de vida”. Os responsáveis pelo projeto projetaram que todo o carbono associado ao edifício e à sua construção será “pago” de volta dentro de 25 anos.

GSK Centre for Sustainable Chemistry, em Nottingham. (Foto: Reprodução / site Chemistry World)

O programa Think Wood ainda cita que os benefícios da Madeira Laminada Cruzada são muito claros. Construir com este produto é rápido e ainda de maneira fácil e limpa, sem desperdício.

Para baixar o estudo, clique aqui.

Por Portal Madeira e Construção com informações do programa Think Wood

Imagem da capa: GSK Centre for Sustainable Chemistry, em Nottingham. Foto: Reprodução do site Chemistry World. 

Compartilhe
Voltar para Notícias

Cadastre seu email e receba nossa newsletter