Santa Catarina discute perspectivas para floresta e madeira

31 de agosto de 2017

Encontro vai acontecer no dia 05 de setembro, na sede da Fiesc, em Florianópolis

Para apresentar um panorama do setor florestal e da indústria madeireira do Estado de Santa Catarina e as oportunidades de negócio que ele possibilita a profissionais, empresários e investidores, a Associação Catarinense de Empresas Florestais (ACR) e a Câmara de Desenvolvimento da Indústria Florestal (Cadif) da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc) estão organizando o primeiro FlorestaSC, um workshop que reúne alguns dos principais gestores e especialistas do mercado brasileiro e que atuam diretamente na região. O evento vai acontecer no dia 05 de setembro, na sede da Fiesc, em Florianópolis (SC).

Um dos palestrantes confirmados é o ex-presidente da Associação Brasileira de Preservadores de Madeira (ABPM), Humberto Tufolo Netto, um dos maiores defensores do uso da madeira na construção civil e idealizador do projeto Madeira de Verdade, uma campanha de valorização da madeira como elemento construtivo e original. Tufolo Netto também é membro do grupo de trabalho “Construção Industrializada”, do departamento da indústria da construção da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). “Precisamos agregar maior valor à madeira. Além de ajudar o meio ambiente, trata-se de um material que tem diversos benefícios econômicos”, afirmou.

Também já está confirmada no evento a diretora executiva do FSC, Aline Tristão, que foi convidada para apresentar o “Cenário da madeira certificada FSC® – tendências de mercado”. A atua há trinta anos como gestora de projetos relacionados à gestão territorial e conservação ambiental, com intensa atividade em ações integradas de sustentabilidade, relacionamentos e engajamento com stakeholders, investimento social estratégico, gestão de conflitos, crises e relacionamentos críticos. Desenvolveu estudos e projetos relacionados à gestão de áreas protegidas e fundos ambientais para financiamento de unidades de conservação e biodiversidade na América Latina para o Banco Mundial, Programa das Nações Unidades para o Desenvolvimento. A especialista em certificação atuou por cinco anos como gestora de projetos de Gestão Integrada de Território – GIT junto ao Instituto Bioatlântica – IBIO antes de ser selecionada como Diretora Executiva do FSC Brasil, em 2015.

Para saber mais sobre o evento e conferir a programação completa, acesse a página da ACR: http://www.acr.org.br/eventos.php

Por Madeira e Construção com informações da Assessoria de Imprensa

Compartilhe
Voltar para Notícias

Cadastre seu email e receba nossa newsletter